Festival Internacional de Tunas Universitárias "Cidade do Porto" (FITU)

Corria o ano de 1987 e o OUP comemorava o seu 75º aniversário. Do programa de comemorações fizeram parte algumas novidades para a cidade do Porto. De entre estas destaca-se a Iª Bienal de Canto Coral do Porto e o Iº Festival Internacional de Tunas Universitárias - "Cidade do Porto", Iº FITU.

Embora o Porto tivesse uma tradição Tunante centenária, a verdade é que o fenómeno das Tunas Universitárias andava já adormecido há alguns anos, quer na Cidade Invicta, quer no resto do país. Para que uma iniciativa como esta tivesse o êxito pretendido, o OUP apostou em três grandes vertentes, que desde então demarcam o FITU: a qualidade (da sonoplastia, cenografia e Tunas participantes), a originalidade e a inovação.

O mais antigo e mais prestigiado Festival de Tunas do país, o FITU, desde sempre apresentado pelos Jograis, jamais parou de crescer sendo hoje realizado em quatro dias de Rondas e Serenatas pelas salas de espetáculo, estabelecimentos de ensino, bares e ruas do Porto. A parte competitiva consiste na actuação das Tunas durante dois dias, geralmente na sexta e sábado da primeira semana de Novembro, para um público fiel que esgota a bilheteira do Coliseu do Porto.

Graças ao sucesso crescente da Tuna Universitária do Porto e do FITU, muitas outras Tunas e Festivais apareceram em Portugal. Por isso, o OUP assume e orgulha-se de ter sido o grande impulsionador da explosão das Tunas Universitárias e respectivos Festivais, que nos últimos anos surgiram no nosso país.

O FITU é também um privilegiado ponto de encontro de Estudantes Universitários de diferentes Universidades, Países e Culturas. Ao longo das suas edições contou com Tunas de Portugal, Espanha, México, Porto-Rico, Perú, Colômbia e Holanda. Este encontro proporciona um grande intercâmbio cultural, traduzido, de entre outras formas, pela divulgação de diferentes formas de abordar a Música Popular. Para que momentos musicais, de reconhecida qualidade, não se percam, o Orfeão Universitário do Porto lançou o primeiro trabalho discográfico de Tunas gravado ao vivo em Portugal e, ao que julgamos saber, no mundo. Este CD, de nome "VII FITU Festival Internacional de Tunas Universitárias - Cidade do Porto ", é como o próprio nome indica uma recolha dos melhores temas interpretados pelas diversas Tunas na sétima edição deste Festival.

Sem parar de crescer e alargar os seus horizontes, a nona edição do FITU integrou o "I Conclave Tunae" que reuniu, no auditório da Universidade do Porto, representantes de 60 tunas que debateram este novo fenómeno cultural. Os dez anos do festival foram comemorados com a edição do album "FITU, uma década, uma história", onde se inclui o melhor que se ouviu no FITU.

Em 2001 comemorou-se o 15ª Aniversário, e pela primeira vez o festival foi transmitido pela RTP internacional. Em Outubro de 2002 o festival inseriu-se nas comemorações do 90º aniversário do Orfeão Universitário do Porto, apresentando novamente à cidade as melhores Tunas do Mundo!